USA Road Trip - day 1

10 de Setembro de 2007


Depois de apanharmos a camioneta do nosso Days Inn no limite de Boston para Harvard Square, começámos por visitar a Harvard Graduate School of Education. Não conseguimos arranjar nenhum prospecto da oferta de cursos pós-graduados (ainda a ser feitos) mas deu para perceber que por aqui a educação também está a ser dominada pelas mulheres. 90% das pessoas no corredor eram mulheres, provavelmente à espera de informação sobre os cursos, com as aulas a começar na próxima segunda feira. Tentámos explorar uma visita não anunciada ao grupo de investigação ligado à tecnologia e inovação na educação mas sem sucesso.

Seguimos para a COOP onde comprámos algus livros, entre eles:
  1. Becoming Adult - Mihaly Csikszentmihalyi e Barbara Schneider
  2. The disciplined mind - Howard Gardner
  3. The power of mindful learning - Ellen J Langer
  4. Spark Charts - umas fichas resumo sobre vários temas, populares na América do Norte
  5. um sobre dicas para professores, mas nada a ver com Teaching for Dummies
Depois disso, e do almoço, seguimos para Paige Hall, onde tínhamos reunião com Eric Mazur, prof. de Física em Harvard, que tem desenvolvido métodos de ensino com resultados excelentes (3 vezes superiores), Peer Instruction e Just in Time Teaching.

As ideias-chave? Interacção, colaboração, feedback imediato baseado em respostas a Concept Tests, tecnologia com sentido se aplicada para trazer algo novo ao processo. O prof. deu-nos ainda um dos seus livros, Peer-Instruction, a User's Manual e um DVD com alguns vídeos sobre Interactive Teaching. Foi uma conversa excelente, onde nos foi apresentado o novo manual de Física que Eric Mazur já anda a fazer há 15 anos (!) e que vai ser editado em breve.

Eric Mazur chamou depois uma aluna de doutoramento, a Jessica, que nos esteve a falar da sua linha de investigação em educação, a questão das atitudes dos alunos para com a disciplina e a metodologia usada. Falámos na sala de reuniões do Dean, onde discutimos a questão das misconceptions, alguns resultados preliminares das suas entrevistas e questionários a alunos, onde uma ideia que ressaltou foi a do auto-conceito. A visão sobre si próprio dos conhecimentos que cada um tem (ou mesmo noutras áreas como o humor) é muitas vezes distorcida. Conheço pessoas dessas!

Depois da Jessica, falámos com o Douglas, responsável pelo ILT, Interactive Learning Toolkit, uma espécie de repositório de concept tests e outros materiais de apoio a lectures (case studies, handouts) onde o professor pode acompanhar o histórico dos seus alunos a nível da avaliação (inclusivé o uso de PRS, Personal Response Systems) e fazer o instructional design da sua lecture, a partir de materiais de colegas. Não vimos o sistema a funcionar na totalidade porque ainda está em desenvolvimento. Depois o Doug, que esteve na Bósnia a gerir uma nova Universidade, levou-nos a jantar a Davis Square. Falámos um pouco de tudo e ele ficou de nos arranjar novos contactos ligados às tecnologias na educação na Harvard Graduate School of Education.

Foi um primeiro dia cheio e escrever blogs cansa! Harvard parece pequeno. Edifícios estilo antigo, a lembrar Roma, relva e árvores no jardim interior. O endowment de 19 biliões americanos de dólares não encaixa com o tamanho físico. Com fundação no séc. XVII é uma universidade consolidada, considerada a melhor do mundo. Vimos algumas críticas em livros na COOP à recente presidência da universidade (que terminou em Fevereiro, dando lugar à primeira mulher presidente, Drew Faust), relacionadas essencialmente com a abordagem mercantilista da formação oferecido (onde cada família pode chegar a desenbolsar $200 000 pela formação de um filho). Parece que um dos recentes presidentes foi o antigo secretário do Tesouro dos EUA, daí as críticas.
Em breve o dia 2.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

The Demon Theory of Friction

A kilobyte rewritable atomic memory